Cirurgias do paciente Pós-Bariátrico

O QUE É CONTORNO CORPORAL APÓS GRANDE PERDA DE PESO? 

O contorno corporal após grande perda de peso melhora a forma e o tônus do tecido subjacente, que sustenta gordura e pele, e remove o excesso de gordura e de flacidez.

Após a cirurgia de redução de peso, ou qualquer perda substancial de peso, a pele e os tecidos, muitas vezes, não têm elasticidade e podem não estar em conformidade com o tamanho reduzido do corpo. Como resultado, a pele, que foi severamente estendida, agora não tem sustentação:

• Os braços ficam flácidos,
• As mamas podem achatar e ficar com mamilos apontados para baixo,
• O abdômen pode se estender nas laterais e na zona inferior das costas, o que resulta em uma saliência semelhante a um avental,
• As nádegas, a virilha e as coxas podem apresentar flacidez, ocasionando bolsas suspensas de pele.

A intervenção cirúrgica de contorno corporal, após grande perda de peso, melhora a forma e o tônus do tecido subjacente, que sustenta gordura e pele, e remove o excesso de gordura e flacidez da pele. O resultado é uma aparência mais normal do corpo, com contornos suaves. Esta é, em essência, a fase final do processo de perda de peso.

Antes de decidir se submeter ao procedimento, a perda de peso deve estar estabilizada.

• Se continuar a perder peso, a flacidez vai reaparecer,
• Se o peso for rapidamente recuperado, você traumaticamente estressará sua pele já enfraquecida, causando estrias e cicatrizes alargadas na pele.

Se você se submeteu à cirurgia de redução de peso, seu cirurgião plástico irá trabalhar em estreita colaboração com seu médico para determinar quando será apropriado começar a reparação do contorno corporal.

CANDIDATOS BONS:

 Adultos de qualquer idade, cuja perda de peso foi estabilizada,
• Indivíduos saudáveis que não tenham condições médicas que possam prejudicar a cicatrização ou aumentar o risco da cirurgia,
• Não fumantes,
• Indivíduos com atitude positiva e expectativa realista do resultado cirúrgico,
• Indivíduos empenhados em levar uma vida saudável, incluindo alimentação adequada e boa forma.

RISCOS INERENTES AO ATO:

• Cicatrizes desfavoráveis,
• Sangramento (hematoma),
• Infecção,
• Acúmulo de líquido (seroma),
• Riscos anestésicos,
• Má cicatrização,
• Necrose de pele,
• Dormência ou demais alterações de sensibilidade na pele,
• Despigmentação da pele e/ou inchaço prolongado,
• Assimetria,
• Deiscência (reabertura de uma ferida previamente fechada)
• Flacidez residual da pele,
• Dor, que pode perdurar,
• Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares,
• Inchaço persistente nas pernas,
• Possibilidade de novo procedimento cirúrgico.

NO PÓS OPERATÓRIO:

Se você sentir falta de ar, dores no peito ou batimentos cardíacos anormais, procure atendimento médico imediatamente. Se algumas destas complicações ocorrerem, você pode precisar de internação e de tratamento adicional.

A prática da medicina e da cirurgia não é uma ciência exata. Apesar de serem esperados bons resultados, não há garantia. Em algumas situações, pode não ser possível atingir os melhores resultados com um único procedimento cirúrgico, sendo necessária uma nova cirurgia.

RESULTADOS:

Os resultados da cirurgia de contorno corporal, após grande perda de peso, são visíveis quase imediatamente. No entanto, pode levar até 1-2 anos, ou mais, para os resultados finais de todos os procedimentos aparecerem completamente. A manutenção do resultado depende de você manter peso estável e boa forma, do seu tipo de pele e de características hereditárias. Como o corpo envelhece, é natural perder certa firmeza com o passar do tempo.