DRENAGEM LINFÁTICA - ENTENDA MAIS SOBRE ESSE TEMA

►Para que serve?
    Após uma cirurgia como nas lipoaspirações e cirurgias do abdômen, os canais linfáticos responsáveis pelo escoamento da linfa, são danificados e se recompõe muito lentamente. A drenagem linfática auxilia neste escoamento de líquidos e toxinas do corpo, diminuindo o inchaço e evitando os seromas (acúmulo localizado de líquidos) e as indesejáveis fibroses (nódulos) que podem se formar após a lipoaspiração.
►Como é realizada?
    Com massagens especializadas sobre toda a área operada, e pontos específicos que ativam os gânglios linfáticos e levam a linfa até eles, facilitando o escoamento da mesma, reduzido e interrompido às vezes pelo trauma da cirurgia. No início elas são mais suaves para evitar dor durante a sessão, uma vez que é feita sobre a região operada.

►Há dor nessas drenagens?

 Sim. Mas é um processo que necessita da compressão dirigida das áreas operadas e portanto produz dor ao tratamento principalmente nas primeiras sessões.

►É utilizado o ultra-som?
    Sim. O ultra-som provoca agitação e impulsão das partículas líquidas, reorganizando as fibras, que na maioria das vezes após a cirurgia acabam formando as fibroses. O ultra-som faz com que elas desapareçam rapidamente.
►Quando é recomendada?
    Em todas as cirurgias, mas principalmente nas lipoaspirações, abdominoplastias, ginecomastias, mamaplastias, próteses de mama e lifting.
►Quando posso iniciar?
    Nos retornos de pós-operatório acompanhamos os pacientes para liberar o início das drenagens, que podem iniciar do 5° ao 10° dia após.
►Quantas sessões devo fazer?
    É ideal entre 10 a 20, em média 10 sessões, mas nas avaliações do pós-operatório posso indicar que continue as sessões.
►Pode ser realizada em casa?
    Sim. Várias profissionais também possuem programas domiciliares, onde o paciente ganha no conforto e na comodidade de não precisar sair de casa, afinal de contas nesta fase de pós-operatório você pode depender de parentes e amigos para sua locomoção.
►Quem devo procurar?
    Há um grande número de fisioterapeutas e esteticistas habilitadas, e acostumadas com o tratamento de pacientes em pós-operatório, onde toda a evolução das drenagens linfáticas é acompanhada.
►A drenagem reduz medidas? Perco gordura?
    A drenagem linfática não elimina gordura. Com a eliminação da água, geralmente há uma diminuição das medidas, as custas da diminuição do inchaço.

-Drenagem Linfática
    Facial e Corporal

    O Que é ?

Sua finalidade principal é esvaziar os líquidos exsudados e os resíduos metabólicos pelo meio de manobras nas vias linfáticas e nos linfonodos.

As indicações da drenagem linfática tem-se ampliado, mas nem sempre são realizados de um modo correto.

Para que seja realizado de um modo correto e com finalidade científica é importante o conhecimento da anatomia e funcionamento do sistema linfático e a correta indicação da patologia. Pode ser manual ou realizada por aparelhos.

O sistema linfático representa uma via auxiliar de drenagem do sistema venoso. Líquidos provenientes do interstício (entre tecidos) são devolvidos ao sangue através da circulação linfática, que está ligada à circulação sangüínea e aos líquidos teciduais.

O Sistema Linfático é Composto por:

a)Linfa

b)Vias linfáticas

 - Capilares linfáticos

 - Vasos linfáticos

 - Troncos linfáticos

c)Tecidos Linfóides

- Gânglios linfáticos

- Baço

- Amígdalas

- Timo

Quando ocorre traumatismo com secção (corte) de partes moles, ocorre a formação de novos vasos linfáticos. Assim, a exemplo dos casos de cirurgia que afetam os vasos linfáticos , a formação de novos vasos ocorre em uma semana, restabelecendo a drenagem.

Edema Persistente

Geralmente, quando ocorre lesão mais extensa, ou, em casos de infecção importante que venha a prejudicar a formação de novos vasos linfáticos, pode instalar-se um quadro de edema persistente.

A circulação sangüínea realiza um "circuito fechado". A circulação linfática de sua rede é imensa, constituída por "lagos" ou sinus no interior dos tecidos e dos órgãos, seguidos por vasos de diversos tamanhos , a rede linfática é duas vezes mais extensa que a rede sangüínea.

É uma circulação lenta. Perde velocidade com qualquer alteração nos tecidos que esmaguem os delicados vasos, como edemas, hematomas, contrações musculares, baixa pressão sangüínea e outras alterações.

É bastante ramificada ao nível de sua rede superficial, dérmica, que se interconecta com sua rede profunda, quanto ao nível de suas múltiplas conexões ganglionares.

A imunidade adquirida é conseqüência do tecido linfóide, localizado principalmente nos linfonodos, como também no baço, nas áreas submucosas do aparelho gastrintestinal, na medula óssea.

Devido à distribuição do tecido linfóide pelo corpo, os organismos invasores ou toxinas são identificados antes que passem a se espalhar muito pelo corpo.

Os linfonodos são estruturas imunologicamente ativas e estão organizadas em grupos no trajeto dos vasos linfáticos.

São eles:

- Cervicais

- Axilares

- Inguinais

Há também os:

- occipitais

- retro-auriculares

- parotídeos

- submandibulares

- mediastinais

- mesentéricos

- poplíteos

- e outros...

Quando a linfa passa pelos linfonodos, ela é filtrada de toda a substância resultante do metabolismo corporal ou aquelas "estranhas" que ficam "presas" no linfonodo. A composição da linfa é bastante variável, pois ela vai coletando substância ao longo do seu trajeto pelo corpo.

Ação Fisiológica das Manobras de Drenagem

- Dinamização do peristaltismo dos coletores e, consequentemente, aumento do ritmo natural que se prolonga por horas após a drenagem.

- Desobstrução sistemática das vias de acesso à região afetada.

- Suavização e "desfibragem" minuciosa da organização conjuntiva.

- Solicitação máxima da reabsorção.

- Eliminação progressiva nas principais zonas de drenagem da estase (estagnação) dos tecidos e de todos os resíduos tóxicos resultantes do traumatismo.

Efeitos Positivos

- Melhor oxigenação

- Melhora a defesa do organismo e tem ação antiinflamatória

- Aumento do potencial reparador

- Dinamização de todos os processos catalisadores de uma boa cicatrização

Indicação Para Drenagem Linfática Corporal

- Lipodistrofia ginóide (celulite) e gordura localizada, pré e pós-cirurgias plásticas como citada.

Indicações Estéticas da Drenagem Facial

- Pré e pós-cirurgias plásticas da área;

- Tratamentos de revitalização facial